porno tamhd.tv rokettube eskisehir escort eskisehir escort kayseri escort bodrum escort malatya escort malatya escort porno

AEDi participa do Fórum Nacional de Coordenadores UAB

AEDi participa do Fórum Nacional de Coordenadores UAB

No dia 7 de agosto, o assessor de Educação a Distância da Universidade Federal do Pará (AEDi/UFPA) e coordenador do sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB) na UFPA, professor José Miguel Martins Veloso, participou da segunda reunião extraordinária do Fórum de Coordenadores UAB na Universidade de Brasília (UnB). Dentre coordenadores e representantes da Educação a Distância, oriundos de universidades e institutos federais e universidades estaduais, o Fórum contou com cerca de 90 participantes, que decidiram pela realização do Dia D da UAB para reivindicar o fortalecimento do sistema UAB, que tem sofrido cortes de verbas.

Ainda sem data definida, o Dia D da UAB representa uma das estratégias adotadas pelo Fórum para a reinserção desse sistema na agenda política nacional. “Pretendemos mobilizar gestores públicos para essa questão, além de realizar uma petição pública via internet”, informa o professor José Miguel. Como coordenador institucional da UAB na UFPA, cabe a ele o papel de interlocutor entre a universidade, governos estaduais e municipais e a Capes, agentes que constituem a gestão tripartite do sistema Universidade Aberta do Brasil. 

A proposta é aproveitar a realização do Dia D da UAB para destacar a importância do que se convencionou chamar de capilaridade desse sistema, ou seja, da facilidade que ele oferece para a expansão e a interiorização da oferta de cursos e programas de educação superior no país. Uma iniciativa envolvendo as três esferas de governo junto com as universidades para democratizar o acesso à formação superior.

Universidade Aberta do Brasil – Instituído em 2006, o sistema UAB é voltado para o público em geral, porém, professores que atuam na educação básica têm prioridade de formação, junto com dirigentes, gestores e trabalhadores que também atuam na educação básica dos estados, municípios e do Distrito Federal. Além de lançar mão da modalidade de Educação a Distância, o UAB estimula a criação de centros de formação permanentes por meio dos polos de apoio presencial.